Aço Inox para produção de alimentos

27.02.20

Dentre as principais vantagens contidas nos tipos de aço inox para alimentos estão:Evita contaminação: quem lida com segurança alimentar está […]

Dentre as principais vantagens contidas nos tipos de aço inox para alimentos estão:
Evita contaminação: quem lida com segurança alimentar está ciente de que os alimentos só poderão ser expostos às superfícies lisas que impeçam qualquer tipo de ranhura, fenda ou arranhão.

O aço inox é o único material que garante esse tipo de preservação já que sua estrutura impossibilita o acúmulo de material orgânico que, a médio prazo, pode vir a se deteriorar e, consequentemente, contaminar o alimento ali exposto.

Fácil assepsia: higiene e saúde andam lado a lado, principalmente no que diz respeito à alimentação. O aço inox assegura a limpeza, pois a sua higienização é fácil de ser executada.
Gosto e odor mantidos: diferentemente do plástico e de outros materiais, o alimento armazenado com aço inoxidável não perde o gosto e o odor. Isso se deve, sobretudo, a sua fácil higienização, principalmente no que se refere à manutenção de alimentos.
Não oxida: como sabido, os agentes corrosivos são tóxicos e, portanto, insalubres. Por isso mesmo que o aço inox é recomendado para a indústria alimentar, já que não oxida e nem contamina.
Sustentavelmente correto: além de trazer benefícios para a saúde e preservação de alimentos, o aço inox é um material que pode ser reaproveitado, ou seja, por meio da reciclagem e remanufatura, o produto confeccionado com o metal pode ser reutilizado depois de sua vida útil. Tal fator é de essência importância para o meio ambiente.

Diante de tantos benefícios, fica difícil não optar pelos tipos de aço inox para alimentação. Além de serem imprescindíveis para a saúde do consumidor final, as empresas que os utilizam evitam graves prejuízos com supostos danos aos alimentos.

Mantenha-se informado